Bancos de Capacitores

O banco de capacitores é uma interconexão de vários capacitores, em série ou paralelo, com base nos requisitos de projeto e geralmente são aplicados na correção do fator de potência ou na compensação de energia reativa.

Além da potência ativa, temos em um sistema elétrico, a potência reativa que é originada principalmente da carga indutiva conectada ao sistema (Circuitos eletromagnéticos de motores elétricos, transformadores elétricos, indutância de redes de transmissão e distribuição, fornos de indução, iluminação fluorescente etc). A carga reativa não é de fato consumida, ela circula entre a carga e a estação geradora sobrecarregando o sistema. Uma analogia que consegue representar perfeitamente essa questão é um copo de cerveja, a cerveja em si seria a potência ativa, enquanto a espuma seria a potência reativa.

A forma encontrada para compensar a energia reativa que é gerada por cargas indutivas é instalar bancos de capacitores na rede de energia que altera a característica da carga aumentando o fator de potência e reduzindo a energia reativa que circula na rede.

O Fator de potência (FP) é a soma vetorial entre Potência Ativa e Reativa, de maneira geral quanto mais próximo de 1 for o fator de potência, menor será a energia reativa do sistema. Assim, se tivermos um fator de potência igual a 1 temos uma carga puramente resistiva consumindo apenas potência ativa.

Os Bancos de Capacitores estão divididos em fixos para equipamentos individuais, semiautomáticos para corrigir a energia reativa de acordo com uma programação desejada, automáticos quando corrige a energia reativa automaticamente de acordo com a demanda e dessintonizados para instalação elétrica com alto índice de distorção harmônica (DHT).

Benefícios de se implantar um Banco de Capacitores da VA Engenharia:

  • Redução de Custos;
  • Melhoria na Tensão;
  • Perda Reduzida no Sistema de Potência;
  • Aumento da Capacidade de Carga.